Lugar de criança é na salinha

Ontem reinauguraram a sala de crianças do condomínio e hoje passamos um pedaço da tarde lá. Eu babei. Achei de extremo bom gosto e super apropriada aos pequenos. Fiquei feliz vendo, mais uma vez, o retorno do aluguel um pouco mais caro que o que pretendíamos gastar. Nem falo da taxa de condomínio, que é ínfima, ainda mais se comparada às de São Paulo…

A sala? Bem, a sala é neutra, mas não é sem graça. Não tem tons pastéis e, ainda assim, é agradável. Tem brinquedos educativos e móveis pequenos. É climatizada. E, com o carpete, pouco “ruidosa”.

Agradou também, às meninas, felizmente. Brincaram até eu implorar para subirmos. Prometi voltarmos todos os dias, afinal é, para mim também, mais uma atividade para o dia não ser passado em frete a tv!

Por falar em tv, fui informada que na sala anterior tinha uma, mas que no fim eram os adultos que usavam porque tinha todos os canais a cabo – e nem todo mundo assina o pacote completo em casa, né? Achei melhor sem tv mesmo, tv as crianças têm em casa. Ali é para brincar, interagir, socializar.

Mas hoje nem rolou socialização. Acho que poucos sabem que reabriu. Já vi que temos bastante criança no condomínio, e muitas ainda não em idade escolar, como as minhas filhas (Idade escolar aqui que tenha vaga pública garantida = fazendo 5 anos até outubro, no mínimo), então logo encontraremos amiguinhos!

Como já disse, quero muito que elas façam amiguinhos logo! Primeiro para socializarem, mas também para aprenderem o inglês. Ainda estamos vendo e pensando nos daycares. É caro e talvez eu devesse ficar um pouco mais com elas em casa… Por que?

Elas estão inseguras. Têm pavor de ficar sozinhas. Na verdade a Lia está assim e tem passado isso à Marina… A Lia tem dado trabalho toda noite, acordando 2 ou 3 vezes, vindo ao nosso quarto… Outro dia o escândalo foi tão grande na hora de dormir (porque eu estava “proibida” de sair do quarto delas e eu estava “desobedecendo”) que me fez perder a razão e chorar também! E a Lia nunca foi assim, nunca! Sempre foi serena e constante!

Mas tadinha, claro que temos que entender e ter muuuuita paciência! “Tiraram” dela tudo o que ela conhecia, a casa, a escola, os amigos, os avós, os brinquedos, até os cachorros! Então ela está morrendo de medo de perder a gente também, né?

Enfim, por isso que a salinha infantil é ainda mais preciosa! Lá elas poderão brincar com outras crianças, ou assim espero!

Fotos da salinha fofa e das minhas filhas mais fofas ainda (com roupas que elas escolheram, claro!)

!

20130828-232433.jpg

20130828-232451.jpg

20130828-232501.jpg

20130828-232508.jpg

20130828-232522.jpg

20130828-232534.jpg

20130828-232601.jpg

20130828-232622.jpg

Anúncios

5 pensamentos sobre “Lugar de criança é na salinha

  1. Nossa tem um Thomas grande! O Be ficaria louco! Ele adora ! sabe todos os nomes e brinca muito com o Thomas e os “friends” .
    Flavinha não se desespere.As meninas estão ótimas! Muito pouco tempo para se sentirem donas do pedaço.Aos poucos elas irão perceber que essa casa é permanente enquanto durar o curso do papai e a rotina estabelecida se encarregará de dar a segurança que está faltando.
    Vocês estão dez! Não perderam tempo e tudo está se encaixando aos poucos .Você e o Otávio também precisam de tempo! Mesmo gostando do país,sabendo a língua, morar é bem diferente doque passear e ainda tem os esbarrões na burocracia que fica escondida por trás de tanta coisa interessante e prática que não temos na terra brasilis.Keep walking!!! bjs

    • Betty querida, o Thomas faz o maior sucesso na salinha! Rs
      E sim, aos poucos, tudo se encaixa. As meninas já estão super adaptadas, não querem voltar! Ficamos com medo de bobos que somos! Rs
      Beijinhos

  2. Flávia , como vc mesmo disse é normal esse super necessidade pelos pais. É tudo muito novo e a barreira da lingua ajuda ainda mais nessa apreensividade de querer vc por perto. De tempo ao tempo que elas vão se sentir mais segura. Aqui no Tn as igrejas oferecem um programa chamado parents day out. No qual vc pode deixar seu filho por um periodo determinado em determinado dia da semana. Em geral é bem mais barato que o daycare e pode dar a elas aquele experiência de interação com outras crianças. Mas antes deixa elas se sentirem mais a vontade com o idioma. A Sofia vai na salinha da academia que eu frequento e hoje a professora me perguntou se ela falava inglês , pois a Sofia olhava para ela com a cara de whatever kkkkk Ou seja , a Sofia ouve muito mais português que inglês e como já está adaptada nem liga para o que estão falando com ela. Fique firme e de parabéns por manter o máximo de calma possível e qdo precisar gritar lembre de fazer longe das crianças rsrsrs Qualquer coisa estou aqui , pode me ligar , ok. Já passei por isso que vc está passando e sei o qto frustante é as vezes. Bjs , Cris

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s