Detalhes tão pequenos delas duas

É tão difícil colocar ‘no papel’ as características marcantes das minhas pequenas… Vivo tentando fazer isso e, perdoem-me, se repetitiva sou/serei nesse assunto. A cada dia faço uma nova descoberta, vejo um detalhe da personalidade de cada uma. A cada dia uma característica aflora. E, por ainda estarem em formação, não é de espantar que, muitas vezes, mudam de um dia para o outro. Muitas vezes, inclusive, absorvem da outra o comportamento que antes não tinham.

LIA:

A Lia é doce, meiga, carinhosa, dengosa, tímida. A Lia chora por qualquer coisa, várias vezes ao dia. A Lia faz pequenas maldades com a Marina (fala “feiuras” do tipo: Marina, você é feia! Marina, você não vai ganhar comida! – E aí quem chora é a Marina). A Lia não gosta de dividir as coisas. A Lia come bastante bem. A Lia é super vaidosa. A Lia troca de roupa 4x/dia, no mínimo. A Lia adora dançar. A Lia quer colocar band-aid todos os dias. A Lia gosta de vestidos e saias. A Lia sabe se vestir e se calçar sozinha. A Lia adora se olhar no espelho. A Lia é super mandona. A Lia gosta de assistir desenhos de princesas. A Lia é muito curiosa, pergunta como são as palavras em inglês, como acontece tal coisa, de onde veio tal coisa. A Lia tem uma memória de elefante. A Lia gosta de ser o Pedrinho quando brincamos de Sítio do Picapau Amarelo. A Lia gosta de fazer carinho no nosso cabelo na hora de dormir. A Lia tem medo de pular de lugares altos. A Lia adora bichos. A Lia fala alto quando está nervosa. A Lia só bebe leite, água e suco de uva. A Lia é fresca com sujeira. A Lia sabe escrever.

MARINA:

A Marina é sorridente e simpática. A Marina é brava e fica de bico quando contrariada. A Marina é generosa, divide tudo o que tem. A Marina come mal e ainda não largou a mamadeira. A Marina é corajosa, não tem medo de nada. A Marina nunca quer tomar banho. A Marina nunca quer sair do banho. A Marina adora ajudar, seja para cozinhar, colocar a mesa, separar a roupa para lavar. A Marina demora para dormir. A Marina dorme a noite inteira. A Marina é carinhosa. A Marina gosta de ver desenhos de piratas e de princesas. A Marina adora chocolate. A Marina fica mal humorada quando está com fome. A Marina gosta de saias que “rodam”. A Marina não gosta que mexam no cabelo dela. A Marina é super animada. A Marina é de extremos, ou muito excitada e feliz ou muito brava e emburrada. A Marina chora pouco. A Marina não cede depois que fala não. A Marina fica triste quando fazemos língua pra ela. A Marina se distrai facilmente. A Marina adora brincar de médico. A Marina sempre é a mamãe no faz de conta. A Marina pede mamadeira quando está entediada. A Marina adora cuidar de bonecas e nenês.

_____

Adoro ver as diferenças das duas. Adoro. Sempre defendi a tese que ninguém é criado igual a ninguém, nem gêmeos. E certamente elas também não. Quando chegou a Lia morávamos em São Paulo, tínhamos acabado de comprar nosso primeiro apartamento juntos. Ela veio depois de termos perdido uma gravidez. E ela foi única por mais de um ano. Quando chegou a Marina morávamos em Bauru. A Lia fazia barulho e andava pela casa. A gravidez foi igualmente desejada, mas tínhamos menos medo de perder outro bebê. Tudo isso faz diferença. Diferença no modo como tratamos as duas. Diferença no tempo que temos para as duas. E, além de todas as características físicas (até mesmo de formação cerebral), tem o contato com as pessoas. A Lia convivia mais com meus pais e meu irmão, mal via a empregada. A Marina teve muito contato com a empregada e mais contato com a família do marido. Enfim. Duas pessoinhas completamente diferentes. Mas o mais legal é que elas se dão super bem.

Basta ver pelas horas e horas que brincam juntas. Claro que de tempos em tempos temos que dar um grito tipo “Para com isso! Pede desculpas pra sua irmã!”. Claro que elas se cansam uma da outra e, volta e meia, estão brincando sozinhas. (E eu adoro o brincar sozinha, acho que alimenta a criatividade, como o tempo ocioso) Mas no geral se dão super bem, uma não faz quase nada sem a outra – porque querem, tá? E ainda têm as declarações de amor tipo a que ouvi há pouco antes delas dormirem: “Pedrinho, eu te amo!”, “Eu também te amo, Kimmie!” Ai, essas duas…

Com o papai alimentando os patos

Com o papai alimentando os patos

Esse lugar fica a 100m em frente de casa

Esse lugar fica a 100m em frente de casa

Os patos daqui são super abusados e acostumados com os humanos

Os patos daqui são super abusados e acostumados com os humanos

Além de virem comer na nossa mão...

Além de virem comer na nossa mão…

Eles param o trânsito atravessando a rua!

Eles param o trânsito atravessando a rua!

Elas se divertem com coisas tão simples!

Elas se divertem com coisas tão simples!

Mamãe-fotógrafa também aparece

Mamãe-fotógrafa também aparece

Ainda não sabemos a história daquele barco afundado ao fundo

Ainda não sabemos a história daquele barco afundado ao fundo

"For once in my life" todos os dias!

“For once in my life” todos os dias!

Conhecendo mais um parquinho

Conhecendo mais um parquinho

Carrinho com mola

Carrinho com mola

Lá vem ela!

Lá vem ela!

Escalando

Escalando

Alegria! Alegria!

Alegria! Alegria!

Aventureira

Aventureira

Descendooooo

Descendooooo

Macaca

Macaca

A vista do parquinho

A vista do parquinho

"Mãe, é a última foto de hoje, tá?" (Lia)

“Mãe, é a última foto de hoje, tá?” (Lia)

Anúncios

7 pensamentos sobre “Detalhes tão pequenos delas duas

  1. A dinda da Marina demora a dormir, dorme a noite inteira, fica mal humorada quando está com fome e detesta que mexam no cabelo dela… Só não gosta de chocolate nem de usar saias como a Marina. Beijos cheios de saudades.

    • Dinda! Ela realmente pegou o mau humor da fome com vc! Rs Eu e marido ficamos mal humorados em outros momentos! A paixão pelo chocolate ela deve ter pego do dindo! Agora usar saia eu não sei! Rs
      Saudades tb!!!
      Beijos beijos

  2. Cheia de lagrima nos olhos a diferente da sua amiga que tanto te ama e morre de saudades te escreve concordando… VIVA A DIFERENÇA! Mas algumas coisas elas são similares: são amorosas, carinhosas, educadas, gentis, LINDAS, GENTE BOA! AMO MUITO ESSAS DUAS!

  3. Um detalhe que eu descobri lendo seu blog: ela arruma a cama sozinha. Flávia, eu sou a prova viva de que nem gêmeos são iguais. E sabe quanto tempo eu tenho de diferença para o meu irmão? 1 minuto! Isso mesmo. E minha mãe dizia que esse minuto já fazia toda a diferença.

    • Dênis! Ela arruma a cama! E ela guarda as roupas nas gavetas! E tem milhares e milhares de características boas e não tão boas! Rs Mas me impressiona a diferença gritante das duas. Acho q quanto mais velhas, mais diferentes serão!
      Vc e seu irmão realmente não se parecem em nada, nem fisicamente nem de personalidade, pelo pouco q conheci dele!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s