Festa em linha de montagem

Hoje fomos à nossa primeira festa infantil nos EUA. Uma gentilíssima vizinha brasileira nos convidou para a festinha do seu casal de filhos (6 e 4 anos) num buffet infantil numa cidade aqui perto. Ela fez uma festa para brasileiros e lá fomos nós.

As meninas estavam eufóricas, doidas para uma festa! Mas anteciparam-me, ainda em casa, que só brincariam entre elas. Eu perguntei à Lia “Filha, por que você não quer brincar com as outras crianças?” “Porque elas não são minhas amigas, mãe!”. Tá certo, compreendi, apesar de achar que fazer amigos nunca é perda de tempo e energia.

Bem, eu tinha visto no Chuck E. Cheese (lá sempre tem festa também) que as pessoas são pontuais e, como no convite tinha hora de início e de fim, achei que seria de bom tom chegarmos na hora marcada. Ao chegarmos lá fomos instruídos a entrar numa sala com o dizer “festa das 16hs” na porta. Entramos, lá estavam todos, era uma sala com 4 brinquedões infláveis, daqueles de escorregadores gigantes. As crianças ficaram brincando por 30 minutos, com alguns monitores, e os adultos batendo papo ao redor.

Aí fomos todos instruídos a seguir para uma segunda sala com mais 5 brinquedões infláveis diferentes. Brincaram por mais 30 minutos com os mesmos monitores que acompanham o grupo. E depois nos levaram para uma terceira sala, onde colocam em mesões: salada, pizza, sucos e refrigerante.  Tem parabéns e bolo de sorvete, bolo de frutas e brigadeiro (o brigadeiro foi levado pela mãe, claro). Lá ficamos por 45 minutos. As crianças ganham saquinhos de lembrancinhas ao final.

A anfitriã nos explicou que é como uma linha de montagem. Quando passamos para a segunda sala entra a turma da festa das 16h30 na primeira sala. E assim por diante. Para o lanche e bolo notei que existem 3 salas, por isso dá tempo de ficarmos um pouco mais e deles limparem tudo depois.

Eu achei fantástico e super prático. Não tem decoração. Não tem “alugue um ou dois brinquedões”. Tem tudo lá. Tudo descartável. As crianças se divertem de montão. Ninguém fica entediado. Pode chover, fazer sol ou nevar que tem festa. E pronto, comemora-se um aniversário. Eu, que já adorava festas no Mc Donalds (que eu nunca mais vi e nem sei se ainda tem), achei isso ainda mais fácil.

Pensamos se isso daria certo no Brasil, não sei se já tem alguma coisa parecida, mas vimos alguns problemas para terras ao sul do equador: 1) Não servem cerveja; 2) As pessoas têm que ser pontuais ou perderão as salas de brinquedos; 3) Não tem como dar jeitinho e ficar mais, pedir pro moço do brinquedão não ir embora, pedir pro garçom servir mais, etc.; 4) As meninas queriam ficar mais e não tem jeito, na hora de ir tem que ir.

A única coisa que achei falha lá é que eles têm na recepção e em uma das salas de brinquedões, brinquedos pagos (com lugar pra colocar nota ou passar o cartão). E isso eu não achei nada simpático. Seria o único toque que eu daria ao buffet. Acho que teriam que estar no pacote da festa, ou não ter nenhum desses lá.

Tá, meu tipo de festa favorita ainda é a festa em casa, com decoração feita pela mamãe e comidinhas gostosinhas com convidados muito íntimos! Eu não sou fãs de mega festas mesmo. Mas, para quem mora em apartamento pequeno ou não gosta de oferecer festa em casa essa é uma ótima alternativa! E para os donos do buffet é ainda melhor, eles podem dar mais de 10 festas por dia! Gente, isso é uma máquina de fazer dinheiro! Olha aí a dica para quem mora em capitais (eu acho que não tem tanto público para uma cidade menor)! Bóra adaptar isso para o público daí!

P.S.: Aproveitamos e conhecemos algumas pessoas super simpáticas! Foi um presente para nós tb sermos convidados para a festa!
P.S.2: Acho que estava com problema de pressão hoje, todas as fotos estão tremidas! Sorry!

20131006-201318.jpg

20131006-201328.jpg

20131006-201337.jpg

Anúncios

5 pensamentos sobre “Festa em linha de montagem

  1. A praticidade dos americanos…. As vezes passa como frieza!!! Por acaso voce notou que as criancas nao jogam copos, pratos e guardanapos no chao?? Isso me horroriza aqui no Brasil!!!! Imagino que vcs saibam, mas nao custa alertar: em festa/comemoracoes infantis nao se serve bebida alcoolica, NUNCA! So nas festas em casa de brasileiros!!!! E os adultos raramente sao convidados – de novo, so em festa de brasileiros!!!!

    • Ma eu n frequentava festa aí q criança jogava coisa no chão não! Hahaha Brincadeiras à parte, uma cerveja não faz mal na festa, aí já acho neurose de americano. Proibe cerveja na rua (em ny é proibido beber na rua, nem no saco pardo) e vende arma no Kmart! Acho uma loucura sem fim! Hahaha Mas tá certo, se estou aqui danço conforme a música! Beijo

  2. Rá, cadê o comentário sobre o menino com a camisa do Corinthians na segunda foto? Fala para o Otávio se cuidar que até aí ele corre o risco de arrumar um genro corintiano, rsss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s