Parques que garantem a diversão!

Então fizemos nossa primeira viagem! Oba! Marido teve uns dias de descanso (ontem e hoje) e aproveitamos de sexta a domingo para passearmos aqui por perto de carro. A primeira opção era Boston (é a cidade mais linda que conheço nos EUA e os outros três integrantes da família não conhecem), mas acabamos fazendo um programa mais infantil – só pra variar um pouco, né? E fomos então à Philadelphia realizar o sonho de criança do Otávio que era seguir os passos do Rocky (ele mesmo, o lutador)! Fomos também em dois parques de diversão: Sesame Place e Six Flags.Demoramos muito na ida porque nosso digníssimo GPS achou que deveríamos conhecer as entranhas dos estados de New Jersey e Pensilvânia. Sim, pegamos estradinhas fofas, sim, conhecemos as cidades nas divisas de estados e eram lindas, apaixonantes e deram vontade de voltar lá um dia. Mas, pelamordedeus, demorar quase 4 horas para fazer 164km, não é nada agradável! Tá, choveu o trajeto todo, mas ainda assim… Vale um comentário que mesmo por todas as estradas alternativas, sem pedágio algum, o trajeto inteiro foi feito em estradas perfeitas, sem buracos e bem sinalizadas. Viajar de carro aqui é bem prazeroso. Além disso, tem bastante opção de paradas e tem todo o tipo de lanchonete pelo caminho (as comuns de rede – Mc, KFC, Taco Bell, etc – e as locais).

Philadelphia: gratíssima surpresa e arrependimento de ter “separado” somente algumas horas para a cidade! Apesar da chuva, conseguimos subir os degraus da escadaria do Museu de Arte Moderna da cidade, seguindo os passos do personagem tema dos filmes da infância do meu amor. Depois almoçamos num tranquilo Hard Rock Café e demos uma voltinha nos pontos turísticos da cidade, onde eu quero muito voltar com calma e parar para olhar tudo. Lá já foi capital dos EUA, foi onde a constituição foi elaborada e assinada e onde Benjamin Franklin nasceu e viveu. Além de outros vários acontecimentos na construção e independência americana. A cidade é uma graça (a parte histórica, pelo menos). Vale uma visita mais longa. Chegamos pela parte pobre e muito feia da cidade, que eu soube ser a quinta mais populosa dos EUA, não imaginava isso. Mas uma vez que se chega ao centro, tudo fica lindo! Rs

Seguimos para o nosso hotel “estrategicamente” posicionado entre os dois parques. Escolhido, principalmente, por ter piscina coberta e aquecida, assim nossas peixas puderam matar a vontade de nadar! Indico também, é modernoso, bem auto-atendimento, chamado Aloft, tem vários pelos EUA também e é da rede W. O preço super justo e com restaurante e Starbucks no mesmo estacionamento. (Aliás, tem Starbucks a cada 10 metros aqui! Impressionante!)

Sesame Place: lindo, lindo, lindo! Parque pequeno, mas o suficiente para se ver em um dia de outono e curtir tudo. No verão sugiro que se passe dois dias porque tem vários brinquedos aquáticos! E as meninas adoraram! Se seu filho curte Vila Sésamo, não deixe de leva-lo lá! Brinquedos apropriados para crianças até uns 7 anos, teatrinhos, shows, tudo fofo! Bem estilo Disney, mas em muito menor escala, claro. E estava tudo enfeitado para o Halloween, os bonecos fantasiados, os shows voltados para essa data, etc. Uma graça ver várias famílias fantasiadas! Ah, tem um Starbucks lá dentro também! Hehe

Fico tão triste quando penso no potencial perdido no Brasil… A Vila Sésamo vai ao ar há 43 anos aqui, paixão passada há várias gerações. No Brasil temos o Sítio do Picapau Amarelo que poderia ser tão maravilhosamente aproveitado também e não há nenhum investimento nesse sentido. Mesmo o parque da Mônica, que estava fechado – se mudando acho – enquanto estávamos no Brasil, poderia ser muito mais aproveitado! O problema, acredito, está no custo. Brasileiro acha tudo caro. Imagina pagar R$130,00 para passar o dia no parque! Esse foi o valor que pagamos, por pessoa – e as meninas pagaram integral – para entrar na Vila Sésamo. O ingresso vale por dois dias num período de 15 dias, o que já melhora um pouco. Mas as pessoas reclamariam horrores em pagar mais que R$60,00 pra entrar num parque aí, né? E sem o dinheiro fica difícil manter um parque desses, vide Playcenter, Tivoli Park e, até mesmo, o Hopi Hari que vive mal das pernas… No Six Flags pagamos US$78 para os adultos e USD$35 para a Lia – a Marina não paga.

Six Flags: Tinha ido há 20 anos e, devo dizer, a parte das crianças pequenas, pouco mudou. Acrescentaram milhares de montanhas russas, acrescentaram vários restaurantes e lanchonetes, mas a terra do Perna-Longa continua a mesma! Rs Vai ver é assim que as crianças gostam há, pelo menos, duas décadas, né? O parque é super legal, agrada a família inteira. É conhecido por suas montanhas russas que eu amo de paixão, tem agora a MAIOR queda livre do mundo em um brinquedo do gênero! Lá surgiram montanhas russas como a do Batman e a do Super homem, onde em uma vc anda com os pés soltos e na outra anda deitado (como a do Hulk no Islands of Adventure e a mais nova do Sea World). E de tão legal e tão atraente, surgem jovens de todos os cantos e as filas são de, no mínimo, 1h20! Mamãe aqui não andou em “nem uminha”! Mas fomos em todos os brinquedos infantis, vimos um show de leões marinhos, andamos numa mega roda-gigante aberta (e aterrorizante pela altura) e nos divertimos! O parque tem licenciamento do Looney Tunes e da Marvel então quase tudo tem um desses temas. E está todo enfeitado para o Halloween também. Ah, o melhor? Compramos um passe anual do parque, ou melhor, dos parques, vale em todo os território nacional e são 21 parques – é a maior empresa empresa em quantidade de parques de diversões! E fica só a 1h30 de casa hora (na volta foi só isso mesmo porque viemos por grandes estradas)! – Voltando ao preço do parque, foram USD$78 para entrarmos por um ano! Claro que não pode ser todo dia, são uns 250 dias por ano de catraca aberta, mas vale a pena. O ingresso para um dia só estava USD$70.

Qual é a próxima programação? Hum… Acho que no aniversário da mamãe a mamãe merece andar em várias montanhas russas, não merece? Tô sentindo cheirinho de viagem de novo logo logo… Hahaha E a poucos minutos do Six Flags tem um Outlet, que também pode completar o presente de aniversário da mamãe! Fica a dica para o papai, tá?

 

Os meus campeões!

Os meus campeões!

Os peixes voadores do Elmo

Os peixes voadores do Elmo

Papai ficou baixinho ao lado do Big Bird

Papai ficou baixinho ao lado do Big Bird

Pelo que ouvi dizer, eu tb curti Vila Sésamo na infância...

Pelo que ouvi dizer, eu tb curti Vila Sésamo na infância…

Ela escolheu as duas pequenas...

Ela escolheu as duas pequenas…

Marina preferiu uma Abby Caddabby "gandona"!

Marina preferiu uma Abby Caddabby “gandona”!

Um dos shows que vimos

Um dos shows que vimos

Carrossel é paixão de família!

Carrossel é paixão de família!

Cookie Monster agora é um dos nossos favoritos!

Cookie Monster agora é um dos nossos favoritos!

Oscar e sua inseparável lata de lixo!

Oscar e sua inseparável lata de lixo!

Tem bruxinha estilosa no pedaço

Tem bruxinha estilosa no pedaço

A entrada do parque

A entrada do parque

Esperando o show dos leões marinhos

Esperando o show dos leões marinhos

Estão fascinadas por montanhas russas!

Estão fascinadas por montanhas russas!

Cores, muitas cores!

Cores, muitas cores!

Adoro essas montanhas russas de madeira!

Adoro essas montanhas russas de madeira!

Roda gigante dos pequenos

Roda gigante dos pequenos

Minhas pilotas

Minhas pilotas

Com a mamãe no balanço

Com a mamãe no balanço

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “Parques que garantem a diversão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s