Quer se divertir? Participe de um Halloween nos EUA!

Chegou o dia! Chegou o dia que a Marina mais esperou na vida dela! E, felizmente, elas curtiram tanto, tanto, que já perguntaram quando poderemos ter Halloween de novo! Hehe Tá certo que a participação efusiva dos pais delas ajudou bastante, mas o dia foi realmente bem legal e bem diferente para as nossas crias!

As meninas estavam esperando o Halloween há mais de um mês! Desde que a Party City começou a enviar catálogos de fantasias pelos correios elas estão eufóricas. As duas que, naturalmente, já se fantasiam todos os dias, não podiam acreditar que um dia todos que elas encontrassem pelo caminho estariam fantasiados também! Foram semanas escolhendo as fantasias, já que elas mudavam de opinião todos os dias! Até que, finalmente, fixaram-se nas princesas e de lá não saíram. As fantasias chegaram há 15 dias e, há 15 dias, a Marina pede para usar a dela. Era choro, chantagem, desespero para usar. Acabamos deixando 1h por noite algumas noites, mas não queríamos que a fantasia deixasse de ser especial, nem que estragasse, obviamente. (Ainda tive que diminuir as duas que, compradas pela internet, ficaram um pouco grandes.)

Hoje passamos o dia fantasiados, no mundo delas. Pela manhã improvisamos com o que tínhamos em casa, calças de pijamas e perucas de palhaço delas. Elas, de bailarinas. Almoçamos no Chuck E. Cheese’s, mas antes passamos no mercado e, nos dois estabelecimentos, me decepcionei, ninguém mais fantasiado, nem com um chifrinho sequer. A minha experiência americana em Halloween era diferente, um ano estava no Sul e as pessoas são mais calorosas mesmo, no outro estávamos numa viagem com a turma do meu pai e teve uma festa a fantasia. Mas, tudo bem, elas estavam felicíssimas e isso que importa, não é?

À tarde então tivemos a festa do condomínio no salão de festas. Antes de sair, já prontos, tive um ataque de risos descomunal, de rolar no chão chorando de rir! Eu nunca imaginei me ver de Branca de neve e, mais ainda, ver o Otávio fantasiado de príncipe! Super hiper legal para elas, mas a gente estava super sem graça – mais ainda quando ao tentar pegar o elevador lotado, víamos as portas abrindo e fechando e nenhum adulto fantasiado! (Nessa hora tentamos convencê-las que nós dois trocaríamos de roupa, mas elas ameaçaram chorar, ficaram arrasadas, tínhamos que ir do jeito que estávamos!) Chegamos na festa e milhares de crianças fantasiadas, algumas mães e dois pais, além do Otávio. Mas nós devíamos ser os mais legais do pedaço porque, JURO, as pessoas vinham pedir para tirar foto com a gente! (Ou isso ou éramos os mais ridículos! Hahaha) Na festa teve tatuagem nas meninas, pintura de mini-abóboras, pintura de rosto (que elas não quiseram porque as princesas já estavam maquiadas, claro!). Teve muita bala, decoração bacana e algum barulho. As meninas já estavam a mil e mal sabiam o que viria a seguir!

Chegamos em casa e esperamos começar o Trick or Treat! E gente, que diversão! Fiz luvinhas cirúrgicas com doces e salgadinhos e, sem falsa modéstia, ficaram super legais! Nossa porta estava enfeitada também, claro! E muitas crianças bateram aqui! (O condomínio fez um aviso para as pessoas colarem na porta caso estivessem participando da brincadeira) Teve uma hora que abrimos e tinha, sem mentira, umas 30 crianças e umas 10 mães atrás! Eles acharam tão legal estarmos todos vestidos e as luvinhas para eles que pipocaram flashes de todos os lados! Marido disse que se sentiu o Mick Jagger! Hahaha Fora que, mesmo alguns que batiam pra pegar bala, pediam para tirar foto com a “família real” inteira! Sem-sa-cio-nal! Tenho certeza que é um momento inesquecível para elas, pelo menos para a Lia que já tem 4 anos.

Daí foi a nossa vez de sair e bater nas portas! As meninas carregando suas abóboras plásticas e adorando tudo! Ficavam excitadíssimas a cada bala que caía no balde! Claro que nem todo mundo do prédio participou, talvez só um quarto dos moradores, ou até menos, mas foi o suficiente para elas se divertirem encontrando as crianças no corredor, batendo nas portas, falando “trick or treat”… Elas ficaram pregadas de tanto andar (Já contei que os corredores são infinitos, né?) e voltamos pra casa! Já em casa a Lia me perguntou: “Mãe, sabe qual foi o melhor dia aqui?”, “Não, filha, qual?”, “Hoje! Eu amei hoje! Quando pode ter outro Halloween?”

P.S.: Tive que, praticamente, lutar com a Marina para tirar a fantasia para dormir! Foi com o cabelo ainda pintado – pintei de marrom porque a Bela é morena, né? Depois disso, deitaram e apagaram! Mortinhas da silva! Até eu quero saber quando pode ter outro Halloween! Hehe

P.S.2: O Otávio já me avisou que não cai mais na minha conversa de fantasia, mas eu juro que ano que vem farei tudo de novo! Se elas se divertem, eu me divirto três vezes mais! Valeu a pena!

P.S.3: A abóbora compramos hoje pela manhã porque tive um dilema sem fim sobre ter ou não uma! Não queria “cavar” uma porque em apartamento o cheiro fica muito forte! O legal é pra quem pode colocar do lado de fora na casa. Mas achamos que era muito importante para a data e acabamos comprando uma já pintada que elas escolheram! Fez sucesso com as crias!

Para o passeio "na rua"

Para o passeio “na rua”

Para o condomínio!

Para o condomínio!

Tatuadas e orgulhosas!

Tatuadas e orgulhosas!

Pintando mini-abóboras

Pintando mini-abóboras

Trick or treating e o resultado!

Trick or treating e o resultado!

O que nós demos!

O que nós demos!

A multidão na porta de casa!

A multidão na porta de casa!

Nosso "Wilson"! (Tom Hanks? O náufrago? Lembraram?)

Nosso “Wilson”! (Tom Hanks? O náufrago? Lembraram?)

Anúncios

10 pensamentos sobre “Quer se divertir? Participe de um Halloween nos EUA!

  1. Flávia, Parabéns! Acho fantástica a forma como vocês educam as meninas. Elas jamais se esquecerão destes momentos. Eu me peguei rindo sozinha só de imaginar a cara dos americanos vendo vocês, Vocês são o máximo. Bjs

  2. Flavinha, parabéns pelo seu niver!!! Muita saúde, amor, bom
    Humor e energia!!! Muitas felicidades nessa sua nova fase. Seu blog está super legal. Aproveite muito suas filhotas pequenas. Esse tempo é mágico! Sabe que eu morei nos EUA qdo criança e minha mãe sempre disse que foi o melhor período da vida dela.
    Um
    Beijão, mariana.

  3. Me diverti com as fotos!!! As meninas fofas como sempre e vc a-rra-sou nos docinhos!! Eu sou a mais esquecida para o Halloween, ano passado morando pela primeira vez em casa, nem me toquei da possibilidade das crianças baterem na porta ainda mais que não coloquei nenhum enfeite. Toma abrir a porta e dizer sorry ( sorte que não levei nenhum trick …). Esse ano esqueci novamente e deixei tudo apagado, fingindo não ter ninguém, mico total…Marido que chegou com chocolate e ficava na porta distribuindo e se divertindo vendo as fantasias da molecada, e ele que adora uma festa a fantasia aproveita essa época para voltar a ser criança. Ano que vem deixa o Otávio se fantasiar de algo que ele gosta e vai ser mais divertido, mas a família real é sempre um sucesso, kkkkk.
    Beijos no quarteto!

    • Fabiiii! Mas não fui eu que escolhi a fantasia do príncipe, foram as meninas! Hahaha Ele cedeu pra elas, não tenho nada com isso!
      Mas realmente é super divertido, vc deveria entrar na dança do marido! Acho que é a comemoração mais legal (a mais bonita é o natal, claro)!
      Beijinhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s